Veja como usar seu corpo para manter um olho nestes quatro sinais contrários a autenticidade.

O que está fazendo a minha voz?

Quando não estamos sendo nós mesmos, tendemos a usar uma voz mais aguda. Não estamos projetando ela a partir de nossa barriga e o mais provável é que do pescoço pra abaixo, seu corpo está totalmente carente de ar.Você está falando super rápido? Outro sinal de desconforto.

autenticidadefoto: desconhecido

O que o meu corpo está fazendo?

Estou contraindo minhas nádegas, minhas mãos ou minha mandíbula? Nossos corpos existem milhões de células disparando ao mesmo tempo e essas células não podem ser enganadas. A tensão em seu ser é captada instantaneamente por seu corpo. Faça um scan do seu corpo analisando-o e veja se há alguma parte tensa. Se estiver com certeza você está inseguro, com dúvidas e portanto sem espontaneidade.

autenticidade-01foto: WikiHow

Estou respirando?

Respiração superficial na região do peito  não só irá mudar a sua voz, também é um sinal de medo, nervosismo e de jogar o jogo da inautenticidade,  ao contrário de uma respiração profunda que surge da barriga. Para respirar profundamente inspire o ar pelo nariz para dentro da barriga, inchando-a. Ao expirar vá soltando o ar aos poucos, passando pelo peito e saindo tranquilamente pelo nariz novamente.

autenticidade-02foto: Special-ism

Estou no momento presente ou estou sendo hiper-vigilante?

Quando estamos nos sentindo seguros e autenticamente no momento, nós relaxamos e respondemos naturalmente ao que está aparecendo. Quando não, estamos hiper-vigilantes, assistindo aos outros em busca de sinais de que estamos sendo aceitos.

autenticidade-03foto: Palcaide

Quando estamos no momento presente, nossas reações são autênticas, nossas personalidades são reais e nos sentimos seguros para brilhar nossos dons para o mundo.

Comentários