A empresa americana Impossible Foods, especializada em alimentos veganos impressionou até a Google, que fez uma oferta de 300 milhões de dólares pela startup.  De acordo com reportagem do site de notícias Business Insider, a Impossible Foods rejeitou a proposta, pois eles acreditam que a ideia vale muito mais.

Fundada em 2012 pelo bioquímico Patrick O. Brown, da Universidade Stanford, a Impossible Foods (“comidas impossíveis”, em inglês) projeta alimentos veganos que possam ajudar na substituição da proteína animal, estudando a nível molecular os produtos animais e selecionando, por sua vez, proteínas e nutrientes específicos de hortaliças, legumes, grãos e sementes para recriar o mais próximo possível a experiência de degustação de carnes e laticínios.

BN-EW898_1007FA_J_20141007124512

bn-ew899-1007fa-m-20141007124513

A ideia é criar comida baseada em vegetais que seja mais atraente, saborosa, vitamínica e barata, principalmente para a população de países emergentes.

A Impossible Foods já conta com investimentos do co-fundador da Microsoft Bill Gates e de Tony Fadell, executivo responsável pela divisão de automação domiciliar do Google. Fadell também é conhecido como um dos pais do iPod, da Apple. Somados, esses investidores já injetaram 74 milhões de dólares no projeto.

the impossible burger  li_ka_shing_bread.jpg

Impossible Employees 01 screen(1)

A empresa acredita que o consumo de proteína animal terá que ser reduzido em escala global nos próximos anos por questões ambientais. Segundo dados da organização de preservação NRDC, por exemplo, o ramo pecuário emite 20% do dióxido de carbono encontrado na atmosfera – gás que contribui para o efeito estufa.

E como já postamos no Yogui.co, a ONU reconhece que 70% das doenças modernas são de origem animal. Então além de ser bom para o meio ambiente, é bom também para nossa saúde e melhor ainda para dignidade dos animais que se transformaram em escravos de nossa sociedade.

cow_cow

Além da Impossible Foods, outras iniciativas trabalham na mesma direção. Uma delas é a Beyond Meat que já comercializa produtos similares a proteína animal nos supermercados dos Estados Unidos. Ainda mais ousada, a Universidade Maastricht trabalha em um hambúrguer de carne de verdade feita em laboratório.

Todas as fotos via Impossible Foods

Comentários