“ A galinha que burlou o sistema ” já contabilizou 31 prêmios em festivais ao redor do mundo. O curta metragem, que mistura filmagens e animação, conta a história de uma galinha que toma consciência do processo de exploração industrial no qual está inserida e se mobiliza para escapar dele.

O criador, Quico Meirelles, se formou em Audiovisual na Escola de Comunicações e Artes da USP. Trabalhou como assistente de direção no longa-metragem Ensaio sobre a Cegueira (2008) e na série de TV Som e Fúria (2009) e como assistente de câmera nos filmes Xingu (2011) e 360 (2011). Dirigiu episódios das séries Trabalho Duro (Discovery Channel, 2012) e Contos do Edgar (FOX, 2013). Ele é filho do aclamado diretor Fernando Meirelles que fez o filme “Cidade de Deus” 

Em entrevista para o site Curta Criativo, Quico conta como surgiu a idéia para o filme: “No semestre anterior a ter que apresentar minha ideia de trabalho de conclusão de curso para a banca de professores da faculdade, eu li um livro, Comer Animais, do Jonathan Safran Foer, que é um grande panorama sobre a criação de animais para consumo e abate. Quando eu li esse livro, o tema me tocou profundamente, eu fiquei me martelando essa ideia, de que eu precisava fazer alguma coisa para mostrar para mais gente aquele tema que tinha me tocado tanto. Então o filme foi o jeito que eu encontrei de fazer aquele tema falar com mais pessoas.” Quico também conta que após fazer o filme, tornou-se vegetariano.

Fonte : veggietal

Nós do Yogui.co gostamos muito e também adoramos esse tema polêmico de comer animais, e esse curta metragem do Quico caiu como uma luva para falarmos do assunto vegetarianismo de uma maneira clara e direta.

Espero que curtam o curta metragem como nós curtimos ,

<<<<Clique aqui para assistir >>>>

a galinha que burlou o sistema2

a galinha que burlou o sistema3

a galinha que burlou o sistema4

a galinha que burlou o sistema5

Comentários