Você já imaginou uma cidade pensada e preparada para ciclistas e pedestres ?

Se sim, então acredite, essa cidade existe e chamasse Houten-Holanda. Em 1979 era apenas uma pitoresca cidade do interior da Holanda, no entanto, com a explosão populacional do país a nova cidade projetada pelo urbanista Robert Derks tinha como premissa ser acessível para ciclistas e pedestres.

As escolas, hospitais, supermercados e edifícios de importância para população deveriam ser conectadas pelas vias de bicicletas e para pedestres. E de 1979 até hoje estas vias são preservadas e mantidas.

Claro que Houten não está completamente desconectada do resto do mundo, ela tem uma rua de automóveis que circunda a cidade, e todas as casas do povoado podem ser visitadas em autos – no entanto, é um sistema que necessita sair da cidade e voltar a entrar nela, na altura do local que se quer visitar. A estação de trem também está conectada a via automobilística, mas como nas ruas residenciais, é mais fácil chegar até ela a pé do que de carro.

Os resultados? Dois terços dos percursos em Houten são feitos a pé ou de bicicleta e os acidentes de trânsito são mínimos comparados com uma cidade do mesmo tamanho nos Estados Unidos ou na América Latina: em quatro anos, morreu apenas uma pessoa em um acidente desse tipo – uma mulher, de 73 anos, que foi atropelada por um caminhão de lixo.

    houtenFonte: Estadodeminas Houten Fonte: mobilizehouten-01Fonte: designforhealthhouten-02Fonte: mobilizehouten-03Fonte: mobilize  houten-04Fonte: iimichiganhouten-05Fonte: iimichiganhouten-06Fonte: ecf houten-07Fonte: sustainabletransportationhollandhouten-07Fonte: nandaratnahouten-08Fonte: doblefilahouten-11Fonte: smonsef Fonte : Estado de Minas

Comentários