O Nobre Caminho Óctuplo é, nos ensinamentos do Buda, um conjunto de oito práticas que correspondem à quarta nobre verdade do budismo. Também é conhecido como o “caminho do meio” porque é baseado na moderação e na harmonia, sem cair em extremos.

Essas oito práticas estão descritas nesta passagem:
“Agora, bhikkhus, esta é a nobre verdade do caminho que conduz à cessação do sofrimento: é este Nobre Caminho Óctuplo: entendimento correto, pensamento correto, linguagem correta, ação correta, modo de vida correto, esforço correto, atenção plena correta, concentração correta.”

Compreensão Correta(Samyag-drsti)


Conhecer as Quatro Nobres Verdades (existência sofrimento, causas do sofrimento, liberação do sofrimento, caminho para liberação)  de maneira a entender as coisas como elas realmente são, e com isso gerar uma motivação de querer se liberar-se e ajudar os outros seres a fazerem o mesmo.

Um aspec­to fun­da­men­tal da Compreensão Correta é a von­ta­de de empreen­der um autoquestionamento, sobre­tu­do no que diz respeito ao nosso com­por­ta­men­to.

A maio­ria das pes­soas gasta um tempo enor­me ten­tan­do jus­ti­fi­car o que fez ou quer fazer. Deve­mos come­çar a rever­ter tal pro­ces­so e, em vez de jus­ti­fi­car nossas trans­gres­sões, ten­tar des­co­brir o que elas são e apren­der como transfor­má-las.

caminho_octuplo_entendimento_correto

Pensamento correto(Samyak-samkalpa)


 Desenvolver as nobres qualidades da bondade amorosa, não tendo má vontade em relação aos outros, não querendo causar o mal (nem em pensamento), não ser avarento, e em suma, não ser egoísta.

Como puri­fi­car as ten­dên­cias da mente? Através da intros­pec­ção pro­fun­da, contem­ple o fato de que a fonte de todo bem e de todo mal nada mais é que a pró­pria mente. Um sim­ples pen­sa­men­to mal­do­so pode produzir uma por­ção de con­se­quên­cias noci­vas, ao passo que um sim­ples pen­sa­men­to bom pode gerar uma abun­dân­cia de coi­sas boas.
Mestre Yongjia Xuanjue (665-713)

caminho_octuplo_pensamento_correto

Fala correta(Samyag-vac)


Abster-se de mentir, falar em vão, usar palavras ásperas ou caluniosas, e ao invés disso, falar a verdade, ter uma fala construtiva, harmoniosa, conciliadora.

Há qua­tro dire­tri­zes que pode­mos e deve­mos ­seguir no que diz res­pei­to à fala:
  • Só falar a ver­da­de;
  • Ser com­pas­si­vo ao falar. Se acre­di­tar que suas pala­vras pode­rão ferir os sentimentos de alguém, cale-se sim­ples­men­te. Use a voz para trazer gen­ti­le­za e bon­da­de ao mundo;
  • Ser enco­ra­ja­dor. Às vezes, uma sim­ples pala­vra pode tra­zer paz e alegria a alguém. Caso tenha a opor­tu­ni­da­de de ani­mar ­alguém, não se con­te­nha – suas pala­vras tal­vez sejam jus­ta­men­te o que ele está pre­ci­san­do ouvir;
  • Ser pres­ta­ti­vo. Utilize as pala­vras para aju­dar o pró­xi­mo. As pala­vras podem ser úteis de ­várias for­mas – para expli­car e ensi­nar, para incenti­var os ­outros a con­ver­sar conos­co sobre algum assun­to. Este últi­mo ponto é bas­tan­te importante, uma vez que a melhor forma de apren­der o Darma é por meio do diálogo e da argumentação.

caminho_octuplo_fala_correta

Ação correta(Samyak-karmanta)


Ação Correta abran­ge tudo o que faze­mos com o corpo, incluindo bons hábi­tos de ali­men­ta­ção e sono, exer­cí­cio e repou­so ade­qua­dos, hábi­tos de tra­ba­lho e tudo o mais que se rela­cio­na ao corpo e ao carma gera­do pelo seu comportamen­to.

Promover a vida, praticar a generosidade e não causar o sofrimento através de práticas moralistas.

caminho_octuplo_acao_correta

Comentários