Se você é como a maioria da população, as chances são que você está sofrendo de sintomas correlacionados com postura errada.

Além do aspecto anti-estético da postura errada, não há realmente muito que se preocupar né? Errado. Com o tempo, a má postura vai ocasionando problemas graves em sua coluna, ombros, quadris e joelhos. Na verdade, uma má postura pode causar uma cadeia de falhas estruturais que levam a dores nas costas e articulações, flexibilidade reduzida e músculos comprometidos, os quais limitam a sua capacidade de queimar gordura ou construir força.

Pior de tudo, a má postura pode causar constrição do nervo. Como a coluna muda de forma, os movimentos ou subluxações resultantes podem colocar pressão sobre os nervos espinhais circundantes. Como os nervos que ligam a coluna vertebral vêm do corpo todo, esses nervos comprimidos podem não só causar dor no pescoço e nas costas, mas também pode causar dor em outras áreas não relacionadas do corpo.

Exploraremos 6 diferentes más posturas e as correções para cada uma delas…

 1. Desbalanço frontal

postura-errada-01

O problema: As articulações esterno-clavicular são instáveis, portanto, o corpo recruta os músculos pectoris-minor para estabilizar a articulação. Isto traz o desbalanço pra frente.

A correção: Deite-se de bruços no chão, com os dois braços em um ângulo de 90º e palmas das mãos viradas pro chão. Sem alterar o ângulo dos cotovelos, levante ambos os braços, puxando os ombros para trás e apertando os omoplatos juntos. Mantenha a posição por cinco segundos. Essa é uma repetição; faça duas ou três séries de 12 repetições diárias. A mudança da postura tem que acontecer por trabalhar os músculos posturais que são muito mais profundos que os músculos globais.

 

2. Cabeça desalinhada

postura-errada-02

O problema: Rigidez muscular na parte de trás do pescoço.

A correção: Movendo apenas a cabeça, deixe cair o queixo pro peito e em direção a seu esternum, enquanto alonga a parte de trás do pescoço. Mantenha a postura por 5 respirações profundas; faça isto 10 vezes por dia. Tenha cuidado para não forçar muito ou você correrá o risco de mudar de lugar alguma de suas vértebras, o que pode levar a dores de cabeça constantes.

3. Desbalanço pélvico anterior

postura-errada-03

O problema: Há uma falta de apoio dos abdominais transversais, geralmente, a parte inferior das duas vértebras lombares são instáveis ​​e é por isso que o corpo encurta os músculos

A correção: Ajoelhe-se sobre o joelho esquerdo, com o pé direito no chão na frente de você com o joelho dobrado. Empurre a pelvis pra frente até sentir o alongamento no quadril esquerdo. Aperte os músculos do bumbum esquerdo até você sentir seu quadril esticar confortavelmente. Levante o braço esquerdo e estique ele para o lado direito. Mantenha a posição por 5 respirações profundas. Essa é uma repetição; faça três de cada lado.

4. Ombros desnivelados

postura-errada-04

O problema: Os músculos do peito e das costas são fracos.

A correção: Sente-se ereto em uma cadeira com as mãos ao lado de seu quadril, palmas para baixo no assento, braços retos. Sem mover os braços, empurre a cadeira até que seus quadris levantem do assento e seu torso se eleve. Mantenha a postura por 5 respirações profundas. Essa é uma repetição; faça duas ou três séries de 12 repetições diárias.

5. Pés de pombo

postura-errada-05

O problema: Este problema é um pouco complexo para resumir em uma frase, no entanto, alguns fatores que contribuem podem ser músculos dos glúteos fracos, deformidades ósseas, artrite, entre outros.

A correção: Deite-se de um lado com os joelhos dobrados em 90 graus, calcanhares juntos. Mantendo quadris fixos  e pés juntos e fixos, levante o joelho superior para cima, separando os joelhos, como uma ostra. Mantenha a postura durante 5 respirações profundas, em seguida, abaixe o joelho para a posição inicial. Essa é uma repetição. Faça duas ou três séries de 12 repetições de cada lado diária.

 6. Pés de pato

postura-errada-05

O problema: Mais uma vez, este problema pode ser causado por muitos fatores. Um fator que contribui pode ser que seus músculos oblíquos e flexores do quadril são fracos.

A correção: Entrar em uma posição de flexão com os pés descansando sobre uma superficie instável, como uma bola. Sem arredondar a parte inferior das costas, dobre seus joelhos em direção do seu torso, usando seus pés para rolar a bola em direção a seu corpo, em seguida, voltar à posição inicial. Essa é uma repetição. Faça duas ou três séries de seis a 12 repetições diárias.

 

 

 

Avalie sua postura agora!

  • Vista-se com roupas elásticas que deixem ver as formas de seu corpo
  • Tire duas fotos de corpo inteiro: uma de frente e uma de lado.
  • Relaxe os músculos e fique tão alto quanto puder, pés na largura do quadril.
 Em seguida, refira-se aos pontos listados abaixo para diagnosticar seus problemas de postura:

1. Olhe para o seu ouvido. Se seu ouvido estiver na frente do ponto médio de seu ombro, sua cabeça está muito pra frente. 

2. Você consegue ver suas escapulas? Isso significa que suas costas estão muito arredondadas.

3. Se os seus quadris inclinam pra frente e você se sente barrigudinho (mesmo que você não tenha um grama de gordura em seu corpo) e sua parte inferior da coluna é arqueada significativamente, significa que você tem uma inclinação pélvica anterior.

4. Olhe para seus ombros. Não deve ser um mais alto do que o outro.

5. Confira as rótulas. Será que eles apontam para dentro, fazendo com que os joelhos toquem quando suas pernas estão esticadas?

6. Veja se você está de pés de pato. Seus dedos vão apontar para fora mais de 10 graus (aproxime).

Corrigindo uma má postura enquanto você é jovem irá ajudar a evitar complicações mais graves no futuro.

Experimente estes procedimentos corretivos e deixe-nos saber como eles funcionam para você na seção de comentários abaixo!!!

Comentários