O consumo de álcool tem crescido exponencialmente entre jovens e adultos no mundo todo, principalmente nas grandes cidades onde o stress quase que nos obriga a buscar o álcool como uma válvula de escape.

Como é a droga mais social que existe e também a facilidade de acesso faz com que cada vez mais e mais pessoas busque-o regularmente. Não se sabe ainda o nível seguro de consumo que varia de pessoa para pessoa.

O que a ciência está descobrindo é que beber regularmente, mesmo que não seja em grandes quantidades, pode trazer malefícios a saúde.  Veja alguns deles:

Conhecido agente cancerígeno

Muitos estudos ligam o consumo de álcool e o desenvolvimento de câncer, mesmo um moderado/regular consumo de álcool pode ser uma porta de entrada para os seguintes tipos de cânceres: câncer de cabeça e pescoço, cancro do esófago, cancro do fígado, cancro da mama, câncer colorretal, e outros. Fonte

Com base em extensos estudos de investigação, existe um forte consenso científico de uma associação entre o consumo de álcool e vários tipos de câncer.” National Cancer Institute USA

Deficiência Vitamina B12

Estudos têm demonstrado que o consumo de álcool em excesso compromete os níveis de vitamina B12. Se você já é deficiente desta fundamental vitamina, sua saúde pode ser bastante impactada. Estudos recentes também concluíram que mesmo um consumo regular e moderado de álcool pode afetar seus níveis de vitamina B12. Fonte

A vitamina B12 é essencial para a formação, integridade e maturação das hemácias. Em sua ausência, elas aumentam de volume e o tamanho do núcleo fica desproporcional ao do citoplasma. Na medula óssea — local em que são produzidas — o número de células chega a aumentar tanto que o aspecto simula o das leucemias.

É uma vitamina necessária para o desenvolvimento e manutenção das funções do sistema nervoso. Sem ela, a mielina que recobre os nervos (como a capa de proteção faz com os fios elétricos) sofre um desgaste que recebe o nome de desmielinização, processo que ocorre tanto em neurônios de nervos periféricos, quanto naqueles da substância branca do cérebro. Fonte

Deficiência de Vitamina D e Absorção de Cálcio

O álcool interfere no pâncreas e sua capacidade de absorver cálcio e vitamina D. Também o álcool afeta o fígado, que é importante para ativar a vitamina D, necessário para a absorção adequada de cálcio. Esta cascata de efeitos pode levar a dificuldades de regeneração óssea. Fonte

Danos no Fígado

A cirrose hepática ocorre quando o fígado torna-se cheio de cicatrizes, uma série de coisas pode causar isto, mas uma causa comum é o abuso do álcool. Cirrose hepática pode ser muito grave, até mesmo fatais, e a única maneira muitas vezes é através de cirurgia. Fonte

Depressão

O álcool é um depressor que reduz os níveis de serotonina no cérebro. Muitas pessoas recorrem ao álcool para aliviar a depressão, mas muitos irão desenvolver depressão justamente por causa do álcool. Fonte

Fonte: FotoCapa

Comentários