Os sinais de deficiência de magnésio estão em toda parte, se você souber identificar. Infelizmente, os sintomas são tão comuns que passam despercebidos. Quase ninguém, especialmente médicos, sabem realmente identificar sintomas de deficiência de magnésio … e todos nós estamos pagando por isso.

O que exatamente é o magnésio? O magnésio é vida.

É o quarto mineral mais abundante no corpo, ao lado de enxofre (que é tão importante). Além de ser um mineral, o magnésio é também um electrólito.

Primeiro, eletrólitos são o que nos permite estar vivos, seres elétricos. Eles são responsáveis ​​por toda a atividade elétrica (e, assim, a condutividade do cérebro) no corpo. Sem eletrólitos como o magnésio, os músculos não podem responder, seu coração não pode bater, e seu cérebro não recebe qualquer sinal. Precisamos de magnésio para nos manter vivo.

deficiencia_magnesio

Como não temos o suficiente, começamos a perder a energia e condutividade. Tecnicamente, assim que tornar-se deficiente, lentamente começamos a morrer, vamos tendo mais dores e dores dia a dia, sentindo-se pior ano após ano. Sinais de deficiência de magnésio estão em toda parte, só você olhar.

O magnésio é um co-fator em mais de trezentos reações no organismo, necessários para a transmissão de impulsos nervosos, regulação da temperatura, desintoxicação no fígado, e a formação dos ossos e dentes. No entanto, magnésio mostra o seu verdadeiro poder na saúde cardiovascular. O Weston A. Price Foundation, escreve,

O magnésio sozinho pode cumprir o papel de muitos medicamentos cardíacos comuns: magnésio inibe a formação de coágulos sanguíneos (como a aspirina), dilui o sangue (como Coumadin), faz captação de blocos de cálcio (como Procardia) e relaxa os vasos sanguíneos (como os inibidores da ECA, tais como Vasotec) (Pelton, 2001). “

O corpo não retém o magnésio como faz com o cálcio. O magnésio é excretado como resultado de alto estresse, ingestão de açúcar, cafeína, álcool, diarréia, e dietas ricas em proteínas e frutas.

Quando se trata da cura e da própria vida, depois da água que bebemos e do ar que respiramos, o magnésio faz jus a sua importância como o mineral do milagre que pode salvar-nos em época de extrema necessidade. Chamado de “mineral da bela” pelos chineses antigos, sua beleza é vista no poder de cura absoluta que ele contém. É nada menos que um mineral milagroso. Ele tem a chave para centenas de reações enzimáticas essenciais e os processos celulares. Cloreto de Magnésio, quando fornecidos em quantidades suficientes, pode melhorar a fisiologia celular de uma forma muito poderosa. Fonte

Doenças/Sintomas ligados a deficiência de magnésio? Quase todo mundo tem sinais de deficiência de magnésio, mas não percebemos isso … deficiencia_magnesio Os Sintomas Incluem
  • Constipação
    
  • A pressão arterial elevada (hipertensão)
    
  • Ansiedade
    
  • Depressão
    
  • Insônia
    
  • Distúrbios comportamentais
    
  • Letargia
    
  • Memória prejudicada / pensamento
    
  • Apreensões
    
  • Fadiga
    
  • Distúrbios do sono
    
  • Dores
    
  • Câimbras musculares
    
  • Crônica dor nas costas
    
  • Dores de cabeça
    
  • Enxaqueca
    
  • Dores musculares
    
  • Tendinite
    
  • Raiva
    
  • Agressão
    
  • ADHD
    
  • Névoa do cérebro
  • Tensão
    
  • Transtornos de ansiedade, como transtorno obsessivo-compulsivo

Tudo que faz você ficar tenso e apreensivo pode ser devido a deficiência de magnésio. Se você não pode relaxar ou você não pode parar – pense magnésio!

A maioria das pessoas com qualquer doença crônica ou problema poderia se beneficiar muito com a terapia com suplemento de magnésio. Isso ocorre porque a doença crônica = tensão e estresse esgota magnésio. A seguir, doenças que são suscetíveis de ter deficiência de magnésio como uma parte do quebra-cabeça:

"Do mesmo modo, os pacientes com diagnóstico de depressão, a epilepsia, a diabetes mellitus, tremor, Parkinsonismo, arritmias, distúrbios circulatórios (acidente vascular cerebral, enfarte cardíaco, arteriosclerose), hipertensão, enxaqueca, cefaleia, câimbras, perturbações neuro-vegetativas, dor abdominal, osteoporose, asma, distúrbios gerados pelo estresse, zumbido, ataxia, confusão, pré-eclâmpsia, fraqueza, também poderiam ser consequências da síndrome de deficiência de magnésio." Journal of the American College of Nutrition
Estresse e Magnésio?

Produção de hormônio do estresse exige elevados níveis de magnésio e experiências estressantes podem imediatamente levar ao esgotamento completo dos depósitos de magnésio;

Como mencionado acima, o magnésio é um eletrólito responsável por sinais cerebrais e condutividade. Sem magnésio, as pessoas em coma podem não serem capazes de retomar e condutividade.

Chocolate e Magnésio

Por que, quando as pessoas estão estressadas, elas vão para o chocolate? O chocolate é uma das maiores fontes de alimentos de magnésio, mas ir para o chocolate não é a resposta, já que contém muito açúcar e não é o suficiente que o corpo precisa. 

O magnésio está associada com tantos distúrbios que Dr. Carolyn Dean da Nutritional Magnesium Association dedicou um livro inteiro para discutir como ela tem tratado milhares de pacientes para uma ampla gama de doenças, com magnésio como o componente primário.

Seu livro, The Magnesium Miracle (Em Português: O Milagre de magnésio), é uma ótima leitura se você tiver qualquer um dos sintomas de deficiência de magnésio acima, infelizmente não achamos versão em português do livro.  Confira 50 estudos sugerem que a deficiência em magnésio está nos matando.

Por que os médicos não encontram deficiências de magnésio nos exames de sangue?

Uma das razões medicina ocidental é estar tão atrasada em relação a deficiência de magnésio é como eles testam: com exames de sangue.

Os exames de sangue não dão qualquer informação importante sobre magnésio … Por quê?

deficiência-magnésio

Porque o corpo controla os níveis de magnésio no sangue muito bem. Se o magnésio no sangue cai um pouco, você teria um ataque cardíaco. Assim, para evitar esta situação, o corpo vai roubar magnésio de todas as suas células, tecidos e ossos, para assim manter os níveis sanguíneos constante. Se você fizer um exame de sangue para ver o magnésio, poderá estar com níveis sanguíneos normais, mas células podem estar completamente vazias.

99% do magnésio no corpo está armazenado nas células, enquanto apenas 1% do total de magnésio do seu corpo esta no sangue. Estes testes são um completo desperdício de tempo, já que no caso do magnésio não dizem nada de importante.

Um exame de sangue para medir o magnésio é realmente até pior, porque um resultado mostrando que está dentro dos limites normais dá uma falsa sensação de segurança sobre a quantidade do mineral no corpo. O exame também explica por que os médicos não reconhecem a deficiência de magnésio; eles assumem níveis de magnésio no sangue são uma medida precisa de todo o magnésio no corpo.Dr. Carolyn Dean

Por que somos tão deficiente desse mineral?
  • Nossa comida esta envenenada de pesticidas/fertilizantes e outras substâncias nocivas a saúde.
  • Estamos cada vez mais estressados. Nós estamos acelerando em um estado anti-natural para nossa mente e copro. Produção de hormônio do estresse exige elevados níveis de magnésio e experiências estressantes levam a consumo dos estoques de magnésio.
  • Estamos comendo mais açúcar do que nunca. Para cada molécula de açúcar que consumimos, o nosso corpo usa 54 moléculas de magnésio para processá-lo. Isso mesmo, 1 para 54, assustador né.
  • Os baixos níveis de magnésio no solo e técnicas agrícolas modernas esgotam as reservas do mineral.
  • E, por último, o magnésio é esgotado por muitos medicamentos e compostos de estrogênio, tais como contraceptivos orais, antibióticos, cortisona, prednisona, e medicamentos para pressão arterial. Diuréticos em café e chá (cafeína) também elevam os níveis de excreção.

Hoje em dia, quase todo mundo é deficiente de magnésio – nenhum teste é necessário. Os alimentos refinados/ processados ​​são destituídas desse mineral, vitamina, e teor de fibra.

alimnetos_processados

Estes são os alimentos anti-nutricionais, porque eles efetivamente roubam magnésio do corpo a fim de serem metabolizados.

Mas sem dúvida, o açúcar é o maior ladrão de magnésio. Cada única molécula de açúcar consome mais de 50 vezes a quantidade de magnésio.

O vídeo abaixo explica porque provavelmente você também tenha carência de magnésio

As melhores maneiras de obter Magnésio

Um adulto saudável necessita de uma quantidade entre 310 mg a 420 mg de magnésio por dia para manter uma vida saudável e um bom funcionamento cerebral 1. Alimentos com Magnésio Coma alimentos ricos em magnésio cultivadas em solo orgânico. deficiencia_magnesio
Alimentos Peso Magnésio Energia
Sementes de abóbora 57 g 303 mg 327 calorias
Amêndoas 78 g 238 mg 499 calorias
Avelã 68 g 192 mg 430 calorias
Castanha-do-pará 70 g 166 mg 489 calorias
Amendoim 72 g 125 mg 415 calorias
Sementes de girassol 68 g 82 mg 397 calorias
Alcachofra 120 g 72 mg 95 calorias
Espinafre 100 g 64 mg 22 calorias
Aveia cozida 234 g 56 mg 145 calorias
Beterraba fresca cozida 72 g 49 mg 32 calorias
Gérmen de trigo 14 g 45 mg 51 calorias
Iogurte 245 g 43 mg 186 calorias
Arroz integral 98 g 42 mg 343 calorias
Abacate 100 g 39 mg 162 calorias
Ameixa 85 g 38 mg 75 calorias
Banana 118 g 34 mg 112 calorias
Leite desnatado 245 g 28 mg 88 calorias
Suco de laranja 242 g 27 mg 154 calorias
2. Reposição de Magnésio

O Cloreto de Magnésio em pó deve ser diluído em água filtrada ou mineral. Para 1 litro de água coloque 2 colheres de sopa rasas, o equivalente a 30 gramas de cloreto de magnésio. Misture até dissolver e guarde na geladeira. A dose básica a ser tomada é 50 ml(1 xícara pequena de café) 1 a 2 vezes ao dia. Para tratamento de deficiências mais sérias esta dose pode ser aumentada para 3 a 4 vezes por dia. Se houver qualquer reação adversa, como diarreia, náusea ou sonolência, reduza a dose.

Para a limpeza de feridas a proporção é de 1 colher de sopa rasa em litro de água filtrada ou fervida. Além do efeito bactericida, esta solução de cloreto de magnésio estimula a imunidade local, o que ajuda a acelerar a cicatrização.

Geralmente lojas de produtos naturais vende sachês de 30 gramas, conforme orientação acima, é só diluíla em 1 litro de água. 

Mais informações veja aqui  3. Óleo de Magnésio

Aplique óleo de magnésio em sua pele! Esta é a segunda melhor maneira de aumentar seus níveis. Aumenta a capacidade de trabalho físico e mental, normaliza o ritmo cardíaco, aumenta o sistema imunológico, protege o sistema nervoso do stress, e melhora o sono.

Instruções de uso
  • Esfregue na pele Friccione suavemente o “Óleo de Magnésio”. Em peles sensíveis, faça uma diluição com 50% de água. Deixe secar ao ar para melhores resultados. Não há necessidade de lavar ou secar. No entanto, se ficar com um resíduo “pegajoso”, lave a área e seque com uma toalha seca. Use 5 ml – 1 ou 2 vezes ao dia. (1-2 colheres de chá). Recomenda-se esfregar à noite, antes de deitar, pois com o tempo melhora a qualidade do sono.
  • Uso interno Dissolva 1 ml(contém 100 mg de magnésio) de “Óleo” de Magnésio, num copo de água, chá ou sumo, uma vez por dia, após as refeições.
  • Banho de imersão Adicione 200 ml de “Óleo” de Magnésio, à água de uma banheira pequena (37°C a 39°C) e mantenha-se dentro de água durante 20 minutos.
  • Banho de imersão para os pés Despeje 35 ml de “Óleo” de Magnésio, numa bacia suficientemente grande para manter os dois pés  cobertos de água. Adicionar apenas água suficientemente quente para cobrir os topos dos dedos. Mergulhe os pés durante 15-20 minutos. Após a imersão, lave com água, se desejar, ou limpe com uma toalha seca. Fonte
4. Banhos de Sal Grosso

Uma das maiores fontes de magnésio é água do mar, mas precisaríamos ficar submersos no mar por muito tempo para repor a deficiência, como muitos não podem, o ideal é submerge-se em banhos de sal grosso. Isto irá fornecer não só magnésio mas também enxofre e outros minerais, e também é bom para seu fígado.

banho_sal_grosso Fontes: http://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-magnesio/ http://ckj.oxfordjournals.org/content/5/Suppl_1/i3.full http://drcarolyndean.com/magnesium_miracle/ http://www.collective-evolution.com/2015/03/25/why-were-all-deficient-in-magnesium-the-many-signs-what-to-do/ Fotos: FotoCapa, Foto1, Foto2, Foto3, Foto4, Foto5, Foto6

Comentários