Todos se perguntam: Yoga é uma prática espiritual mesmo ou apenas um exercício como outro?

Se você vem para a prática de yoga olhando apenas para o prazer, yoga acabará por decepcioná-lo. Tarde ou cedo, você ficará entediado com a prática ou irá sentir dor ou desconforto em uma postura que anteriormente achava divertida. A lição básica desta secular ciência do auto-conhecimento é que se você atender ao chamado de prazer e dor, você sempre será um escravo para a experiência sensorial.

Se você, em vez de uma experiência sensorial, aprende a treinar a mente para estar presente, concentrado e equânime, independentemente das vicissitudes inevitáveis ​​da vida, então você vai ganhar sua própria liberdade e, finalmente, experimentar seu ilimitado e poderoso ser superior.

Investigação espiritual sincera é uma jornada para o seu centro. Ao longo da estrada, todos os seus apegos e aversões serão desafiados. Tudo o que você conhece de si mesmo passara a  ser será interrogado. Não é para todos.

Tradicionalmente, existem três qualificações que constituem uma base sólida para a prática:

1. Você tem que se comprometer com a prática por um longo tempo, talvez para toda sua vida, antes de poder ver resultados mensuráveis.

Este enfoque remove o apego por querer chegar a algum lugar rápido na prática.

2. Você deve praticar com continuidade e regularidade dentro e fora do tapete.

A quantidade e qualidade de seu esforço que você está disposto a colocar,  será equivalente ao que a prática vai lhe dar de volta. Mas se você vacilar em seu compromisso de praticar e permitir a prática transformar toda a sua vida , então você vai vacilar em sua jornada inteira. Somente você pode desenrolar seu tapete e praticar. E só você pode comprometer a  jornada de sua vida para o lado espiritual da prática.

3. Sua intenção e sinceridade são importantes.

Se você vem para a prática de yoga com a suposição de que se trata apenas de obter um corpo fininho de yogui e posturas invertidas de circo, então sua prática só vai te levar para o nível mais superficial dela. Se fizer a sua prática apenas para benefícios de saúde, você certamente vai se sentir melhor e ter mais energia, mas mesmo isso não é a verdadeira profundidade disponível dentro do contexto do yoga.

A fim de realmente obter o benefício mais profundo da prática, você tem que definir a sua intenção sobre a jornada espiritual de yoga. Se você sabe que a sua razão para fazer a prática é para ser uma pessoa mais calma, feliz e alegre, então todas as lições necessárias que levam a esse resultado se tornaram evidentes através da prática.

Pode-se dizer que é pedir muito de um simples Adho Mukha Svanasana (postura do cachorro olhando pra abaixo), e você está certo. Só que não é só pedir muito da postura, é pedir muito de você, se você optar por praticar yoga. A maioria dos condicionamentos sociais estão baseados em torno do princípio de que é possível viver em um mundo livre de dores, de qualidade controlada, ambiente e temperatura otimizadas para nosso conforto.

Pense sobre a experiência de serviço ao cliente final que cada um de nós procuramos como consumidores. Tudo sobre este estilo “moderno” de consumo procura manter o consumidor em uma bolha perfeita, onde o cliente tem sempre razão .

Fomos ensinados a segurar o prazer e tentar erradicar as fontes de dor em uma tentativa fracassada de manter o mundo na nossa ideia de conforto. A realidade da vida é que não importa o quanto nós tentamos esta “realidade” nunca é o ideal. Há quase sempre algo que você preferiria ficar sem, como um engarrafamento, uma conta por pagar, roupa suja ou um rangido no ventilador.

Yoga não é sobre como se livrar de todas essas coisas e controlar seu ambiente. Yoga é sobre como manter sua paz de espírito, independentemente de você experimentar facilidade e fluxo ou estagnação e dificuldade. Mudar situações externas é uma batalha perdida, mas ganhar o controle de seu próprio sistema nervoso é algo que você pode realmente dominar.

Comentários

About The Author

Carla Gonzalez

Carla G (González) Bricaire, Yoga Alliance Certified Yoga Teacher & Doula. Professora de Yoga formada pela Sampoorna International Yoga School em Dharamshala, Índia. Pratica Yoga por influências do pai desde criança, também é mestre em Arquitetura Sustentável formada no Instituto Universitário de Arquitetura de Veneza, na Itália e nova mãe de um menininho de nome Barú. Com experiência de ensino no Brasil e no México oferece, além de aulas, workshops e palestras sobre assuntos relacionados com Yoga. Fundadora do www.yogui.co