O fotógrafo neoyorquino Colin Miller passou mais de duas semanas na província de Sichuan na China para documentar o misterioso mundo do monge tibetano.

A viajem que seria para visitar amigos na cidade de Chengdu, terminou em uma série fotográfica que retrata o dia a dia de um monge tibetano, desde o dormitório até o templo e as cerimônias em massa ao ar livre.

Após a visita a Sichuan, Miller passou algumas semanas em Ganzi, onde visitou o Instituto Budista Seda, a maior escola budista do mundo, fundada em 1980 e que hoje abriga mais de 10 mil monges (homens e mulheres) das linhagens Nyingma, Gelug, Sakya e Kagyu.

m16 m17 m18

m19

m13 m14

m23 m15

m5

 m6

m24 m7

m9

m12

m11 m10

m2 m3 m4

m21

m1 m20 m25 Todas as fotos, Colin Miller  

Comentários