Black Friday é um evento criado nos Estados Unidos no início de 2000 que segue o dia de Ação de Graças. No Black Friday, as lojas diminuem drasticamente os preços dos produtos durante uma noite para aumentar as vendas. Normalmente, neste momento as pessoas estão se preparando para a temporada de férias e próximo a natal, o que inclui o cumprimento da lista de presentes de seus filhos, parentes.

Nos últimos anos, este evento começou a se tornar global e agora é praticado em muitos outros países, como o Reino Unido, Romênia, Canadá, Brasil, Alemanha e outros.

A primeira vista, é apenas um dia de compras e bons negócios, mas há um impacto mais profundo deste evento. Como isso afeta as pessoas?

1. Black Friday: Impacto a nível físico

Como podemos imaginar, com um número limitado de itens a um preço baixo e alta demanda pode criar uma febre de compras. Há relatos de filas na frente das lojas de horas e dias de antecedência, mesmo nas temperaturas geladas do inverno dos Estados Unidos. No ano passado houve muitos tumultos, lesões e até mesmo brigas.

Um exemplo, em Manchester, um aparelho de televisão caiu sobre uma mulher e deixou ela no hospital. Além disso, após tais eventos comerciais as pessoas chegam em casa drenadas e se sentindo muito cansadas.

2. Black Friday: Impacto a nível psicológico

Muitas vezes ouvimos a frase “menos é mais” mas em eventos como o Black Friday, as pessoas fazem o oposto. A mídia bombardeia a cada momento do dia com propagandas e mensagens de marketing dizendo às pessoas o que devem comprar, como eles devem se vestir e os mais recentes produtos eletrônicos que devem possuir.

É normal comprar coisas que precisamos. No entanto, quando esse dia de compras acontece, as pessoas compram com base em desejos, não com base na necessidade. Devido a isto, há um impacto negativo a nível psicológico: O desejo e apego por coisas materiais aumenta. O apego traz sofrimento quando ocorre a perda.

O egoísmo aumenta quando não há bens suficientes na loja e as pessoas tentam levar as mercadorias para si mesmas sobre outras pessoas.

Impaciência e impulsividade aumentam à medida que as pessoas estão correndo para conseguir as melhores ofertas e estão reagindo por impulso em vez de pensar sobre as coisas com calma.

A ganância aumenta quando as pessoas tentam comprar mais do que o inicialmente previsto.

As pessoas gastam mais dinheiro do que planejaram e mais tarde apresentam dificuldades financeiras que, com certeza causará estresse.

3. Black Friday: Impacto a nível espiritual

Black-friday-Wembl_3121002k

Eventos como este pode afetar negativamente em um nível espiritual. Sempre que há um evento onde as pessoas estão estressadas, correndo, empurrando uns aos outros ou geralmente agindo de forma inadequada, a impureza energética no ambiente aumenta consideravelmente e este, por sua vez, afeta as pessoas em um nível espiritual. As pessoas nestes eventos são influenciadas facilmente pela energia negativa em torno delas, o que ocasiona vários problemas como dores de cabeça, aumento de raiva, depressão e outros sintomas.

Se Black Friday fosse um acontecimento positivo a nível espiritual, a calma, a cooperação e a sensação de tranquilidade depois, seriam evidentes, não haveria efeitos prejudiciais.

Não se pode controlar o próprio povo pela força, mas se pode distraí-lo com consumismo. Noam Chomsky

Saiba diferenciar o: VOCÊ QUER ou VOCÊ PRECISA? Pequenas mudanças fazem toda diferença no cotidiano do nosso planeta. Edinaiane Shinigami

Consumismo é o ato de comprares o que não precisas, com o dinheiro que não tens, para impressionar pessoas que não conheces, a fim de tentar ser uma pessoa que não és. Valete

Fonte das fotos: Foto1, Foto2, Foto3

Comentários