Uma vez, Steve Jobs disse que um caminho para ser um grande profissional é buscar sair do senso comum.

É fazer o que poucas pessoas fazem – e, dessa maneira, se destacar do resto. Nesse rol de possibilidades alternativas que fogem do mainstream que podem ajudar uma pessoa a atingir melhores resultados na vida profissional aparece a meditação, que inclusive fez parte durante muito tempo da vida do co-fundador da Apple.

A meditação traz muitos benefícios para as pessoas que procuram melhorar a performance na rotina, e isso inclui vantagens que são atestadas por especialistas em meditação e profissionais do ramo empresarial e esportivo.

“A criatividade e a inovação somente surgem de uma mente limpa. Quanto mais responsabilidades alguém tem, de mais energia calma precisa em seu sistema. Por isso os executivos de grandes empresas são tão beneficiados pelas técnicas de meditação”afirma o indiana Sri Sri Ravi Shankar, especialista em meditação.

Shankar completa:

“Um líder precisa de inspiração para mover o time adiante, pois nossa vibração é mais poderosa do que a nossa comunicação verbal. Quando a nossa energia está negativa, a inspiração fica fraca, por isso é importante ter uma mente tranquila”.

Além da paz interior e da mente livre de empecilhos que facilitam no processo criativo, a meditação também é uma fonte de disciplina, o que de acordo com Ray Dalio, fundador da empresa norte-americana Bridgewater Associates, é fundamental para o sucesso nos negócios.

Dalio, como o diretor cinematográfico Steven Rubin, são duas pessoas relevantes no mundo empresarial que carregam a bandeira da meditação como auxiliar importante no sucesso profissional.

Para Satya Narayan Goenka, falecido instrutor de meditação, paciência e persistência são as chaves do sucesso. E, de acordo com os ensinamentos de Goenka, isso se aplica tanto numa boa meditação quanto na vida profissional.

Uma parte importante no mundo profissional nos tempos atuais é a gestão de tempo. Com tantas possibilidades de distração ao alcance da mão (afinal, há um mundo de alternativas nos smartphones), administrar o tempo da maneira correta pode ser um desafio maior do que parece.

E a meditação, segundo Ricardo Melo, autor do livro “As Leis Invisíveis do Dinheiro”, é um auxiliar para isso:

“O praticante de meditação é mais centrado e usa seu tempo de maneira mais eficaz. Consegue priorizar melhor, fala ‘não’ com mais facilidade e com isso consegue focar seu tempo”.


“No mundo dos negócios, ficar focado e ciente das decisões o tempo todo são tarefas complicadas e a meditação é um ponto importante para isso” afirma o empresário bilionário Subhash Chandra, do grupo empresarial Essel.

Não só no mundo dos engravatados que a meditação é uma prática importante para ajudar a vencer.

Nos esportes, isso é representado por muitos atletas famosos que fazem do uso da meditação, como é o caso do jogador de basquete Kevin Love e do jogador de poker André Akkari.

Akkari, que tem um extenso currículo nesse esporte, é um jogador que utiliza várias técnicas de concentração antes de jogar profissionalmente.

Ele cita que a meditação e hipnose já foram bem importantes para grandes conquistas, o que serve como mais um exemplo de eficiência para atletas em alto nível.

“Meditar é treinar a mente, aprendi isto a pouco tempo e venho fazendo desde maio (2015) com muito sucesso e felicidade” afirma no site pessoal.

Love utiliza a técnica da Yoga como uma forma de meditação.

Yoga me deu equilíbrio, força e durabilidade. E meu corpo melhorou muito por causa disso” comenta o jogador em entrevista ao site americano Sports Illustrated.

No mundo esportivo e empresarial, a meditação já provou ser uma alternativa que pode ser muito proveitosa para quem desejar atingir um alto nível na profissão.

Exemplos não faltam para comprovar, e esses exemplos ajudam a popularizar a prática da meditação na sociedade moderna.

Comentários